Criptomoedas: já ouviu falar?

Publicada em 02 de Agosto de 2021

  • Criptomoedas: já ouviu falar?

A evolução do dinheiro não para. Das cédulas de papel aos cartões de plástico, e agora as moedas digitais, as criptomoedas, que vêm ganhando cada vez mais espaço. Mas, você sabe realmente o que esse “novo dinheiro” é? Para ajudá-lo a entender melhor, o Blog preparou um pequeno guia. Acompanhe!

Embora o Bitcoin seja a mais conhecida, existem outras moedas digitais circulando no mercado. De acordo com o site Bitcoin.org, as criptomoedas foram descritas pela primeira vez em 1998 por Wei Dai, que sugeriu utilizar a criptografia para controlar a emissão e as transações realizadas com um “novo dinheiro”, o que dispensaria a necessidade de uma autoridade central, como o Banco Central no Brasil.

Utilidade

Elas podem ser usadas com as mesmas finalidades do dinheiro físico, sendo que as três principais funções são servir como meio de troca, facilitando as transações comerciais, reserva de valor e como unidade de conta, quando os produtos são precificados e o cálculo econômico é realizado em função dela.

Outro termo bastante utilizado neste meio é mineração. As moedas digitais representam um código complexo, que não pode ser alterado, sendo que as transações feitas são protegidas por criptografia. Em suma, a mineração representa a criação de novas unidades de alguns tipos de moedas digitais.

Câmbio

O preço destas moedas digitais varia de acordo com a lei da oferta e da procura. Quando ganham mais atenção dos investidores, o volume de compras aumenta, assim como os preços. Mas, por se tratar de um mercado ainda pequeno, poucas operações são capazes de causar grande impacto nas cotações.

Além da Bitcoin, existem outras criptomoedas disponíveis no mercado: Bitcoin Cash; thereum; Tether; Ripple e Litecoin.

Vantagens e riscos

Por se tratar de ativos recentes e com uma lógica complexa de funcionamento, muitas pessoas ainda estão entendendo qual a melhor forma de operação. O fato é que estas moedas têm vantagens em relação as outras moedas físicas, assim como outros meios de pagamento.

Liberdade de pagamento

É possível enviar ou receber qualquer valor, em qualquer lugar, de maneira instantânea

Taxas mais baixas

Pagamentos realizados com moedas digitais são processados com taxas baixas ou até isentas

Mais segurança

Os pagamentos podem ser feitos sem vincular informações pessoais do usuário à transação. Além disso, o usuário pode proteger o dinheiro com cópias de segurança e criptografia

Transparência

Por ser neutro, é reconhecido como confiável, transparente e previsível

Quanto aos riscos, vale destacar o Grau de aceitação, já que poucos estabelecimentos aceitam esta forma de pagamento, assim como a volatilidade, uma vez que grandes ajustes de preços não são raros.

Se você está endividado, a k90 Soluções Bancárias conta comum time apto para renegociar sua dívida por você, encontrando a melhor negociação.


Reduzindo Dívidas

Mais artigos

Voltar Início Ir ao Topo

© 2020-2021 K90 - Dívidas Negativadas
Política de Privacidade   |   WhatsApp: (31) 99872-2493
Dívidas Negativadas K90