Desempregado(a): e agora?

Publicada em 16 de Junho de 2021

  • Desempregado(a): e agora?

A situação econômica do País já não ajudava e, com a pandemia, piorou. A questão do desemprego tira o sono, literalmente, da grande maioria das pessoas. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o Brasil possui 14,4 milhões de desempregados, maior número desde 2012.

Se você se encontra nesta situação e com dívidas negativadas, o Blog traz algumas dicas do que fazer para você sair dela, faturando uma grana enquanto o tão sonhado emprego não aparece. Confira!

Culinária

Gosta de cozinhar? Que começar a vender quentinhas? Sim, independentemente da situação, as pessoas se alimentam e se a comida for boa, você consegue criar uma boa clientela, na base de uma das melhores propagandas do mundo: o boca a boca. Além disso, com muitas pessoas em home-office, a maioria não tem tempo para cozinhar. Já pensou? Se o seu forte são os doces, os bolos caseiros, aqueles para comer no café da tarde, e os de pote, estão em alta.

Revenda de produtos

Seu forte é o varejo? Ok. Você pode trabalhar com revenda de produtos. Existem diversas empresas de cosméticos, de perfumes e de lingeries, por exemplo, que trabalham com os chamados consultores de venda. Caso tenha se identificado, atente-se para não cair apenas nas armadilhas das pirâmides financeiras. Por mais tentador que seja, afinal, prometem um bom dinheiro em pouco tempo, fuja!

Brechó

Sabe aquelas roupas, em bom estado, que você não usa mais? Saiba que elas podem ser vendidas na garagem da sua casa. Sim, os brechós estão em alta e é possível faturar uma graninha que o ajudará a sair do vermelho e voltar a ter crédito na praça. Ah! vale também sapatos, tênis e acessórios, como óculos de sol, brincos, pulseiras, cintos e bolsas. Aproveite suas redes sociais para divulgar o seu negócio.

Peças artesanais

Para quem tem habilidade manual, aí está uma ótima oportunidade de ganhar dinheiro. Peças de tricô, de crochê, velas artesanais e trabalhos em madeiras têm uma boa saída e são bastante procuradas pelos apreciadores destes produtos. Mais uma vez as redes sociais são

indicadas para você ofertar seus produtos e, uma ação interessante, é fazer algumas peças para mostruário e trabalhar apenas sob encomenda. Assim, não se corre o risco de o estoque encalhar.

Uber ou 99

Foi e continua sendo a salvação da lavoura para muitas famílias. Ser motorista de aplicativo virou uma verdadeira febre, pois foi a maneira encontrada por muitos de conseguir se levantar rápido e fugir das dívidas negativadas. Caso não queira usar o seu carro, é possível alugar. Coloque os custos na ponta do lápis e boas corridas! Se você mora em um condomínio, é possível criar uma carteira de clientes aí mesmo. Muitos aposentados estão fazendo isso, como forma de aumentar a sua renda. Fazendo um cartão de visitas virtual, você pode encaminhar direto ao WhatsApp do seu cliente e ele chamá-lo diretamente, sem ser pela Uber ou 99.

Aulas online

É bom em alguma disciplina ou manja de algum idioma? Pois bem, as aulas online estão cada vez mais em alta.

Seja um afiliado K90

A K90 Soluções Bancárias conta com o Programa Afiliados, onde você pode ganhar uma comissão mensal de até R$ 1 mil, indicando para 50 amigos nestes 30 dias (R$ 20 para cada contrato assinado).

São mais de 80 milhões de clientes esperando por você! Não requer investimento, experiência ou conhecimento na área. Que tal?


Reduzindo Dívidas

Mais artigos

Voltar Início Ir ao Topo

© 2020-2021 K90 - Dívidas Negativadas
Política de Privacidade   |   WhatsApp: (31) 99872-2493
Dívidas Negativadas K90
Este site pode utilizar cookies para segurança e para lhe assegurar uma experiência otimizada. Você concorda com a utilização de cookies ao navegar neste ambiente? Conheça a nossa Política de Privacidade.